Petrobras reduz preços dos GLP para comércio e indústria



Petrobras reduz preços dos GLP para comércio e indústria
 

A partir desta quarta-feira (05), a Petrobras vai reduzir o preço do gás de cozinha para uso residencial em 4,5%. O reajuste já está em vigor.

 

No mês passado, a empresa aumentou o preço do gás de cozinha em 6,7%. De acordo com a estatal, a mudança não se aplica ao GLP destinado ao uso industrial e comercial.

"Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor".

O ajuste foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos.

A empresa estima que, se o repasse for integral, o preço do botijão cairá 1,5%, ou R$ 0,88. Isso ocorrerá se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos. A medida, que foi informada pela petroleira ao Sindigás, sindicato que reúne as distribuidoras de GLP, valerá para embalagens acima de 13 quilos, e deve proporcionar uma queda de preço entre 4,5% e 5,2%, conforme o polo de suprimento. Conforme esclareceu a companhia, o principal motivo para o reajuste se deu devido a queda das cotações do produto no mercado internacional.



04 de julho de 2017
http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2017-07/petrobras-reduz-preco-do-gas-de-cozinha-em-45